Bem vindo às Terras de Salém. Onde a Magia nunca tem fim.

sábado, 6 de abril de 2013

Sacerdotiza de Apolo






Teu corpo é um templo
à Apolo dedicado.
Mas teu lábio delicado
com um doce pecado
é a morada do deus.

É amante e amada
dos deuses enamorada
e de poucos mortais.

Tuas curvas tão formais,
que Zeus esculpiu com ardor
és um templo e um santuário
para o culto ao amor.

Sacerdotiza de Apolo - um poema homenagem do poetamigo Aquiles Peleios.

Um comentário:

  1. Ave, Deus Sol! Ave, Amor Sol! Ave, Bruxas, Deuse e Semideuses Pagãos!

    ResponderExcluir